Início Notícia Voltar

Após confessar morte de idosa, preso é assassinado em Presídio em Carazinho

Na madrugada do dia 18, o homem havia ateado fogo à casa de idosa de 83 anos

19/11/2020 10:07 por Maria Eduarda Schindler


CapaNoticia

Francieli Alonso/RBS TV


 

Após ser preso por ter confessado a morte de uma idosa, em Carazinho, Marcelo Schallemberg, de 28 anos, foi assassinado a golpes de arma branca, na cela do presídio do município, para onde foi levado durante a tarde de ontem (18). As informações foram confirmadas pela Superintendência Estadual e Serviços Penitenciários (Susepe) e pela Polícia Civil.

Segundo a Susepe, o preso foi morto por outro detento, que confessou o crime. A cela foi isolada e a polícia foi chamada ao local. De acordo com o delegado Gerri Adriani Mendes, o suspeito será indiciado por homicídio simples, já que alega ter agido em legítima defesa.

A polícia vai investigar as circunstâncias e motivações do crime.

Marcelo havia assaltado e ateado fogo na casa de uma idosa de 83 anos. Conforme a polícia ela morreu carbonizada. Após investigações, foi constatado que a idosa ajudava o homem com recursos, dinheiro e alimentos, mas negou dar-lhe dinheiro para comprar drogas. Durante a madrugada (18) ele arrombou a moradia, amordaçou a mulher e roubou objetos da casa.

Para ocultar o crime, Marcelo ateou fogo em um sofá e as chamas atingiram a mulher que estava mobilizada. Ele foi preso durante a tarde.

A polícia tratou o crime como latrocínio qualificado.
 



Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.


Ouça aqui

89.7 FM

Ouça aqui

91.5 FM

Canta São Martinho
89.7
91.5