Início Notícia Voltar

Prefeitura de Pejuçara denuncia ação criminosa para estragar vacinas e medicamentos

Entre as vacinas estavam as da Covid-19

07/04/2021 10:35 por Maira Kempf


CapaNoticia

 

A Prefeitura de Pejuçara registrou na Polícia Civil duas ações criminosas ocorridas na Secretaria de Saúde do município. Ao que tudo indica, a ação visava estragar vacinas e outros medicamentos.

Segundo um esclarecimento publicado ontem, 06, pela Prefeitura em suas redes sociais, na manhã do dia 28 de março, entre 06h e 07h, a geladeira que armazena as vacinas entre elas as da COVID-19 apresentou uma troca na voltagem. Um laudo técnico constatou a alteração. Outra geladeira que armazena insulinas também teve a temperatura alterada entre os dias 22 e 24 de março.

Na publicação, a Prefeitura afirma que devido à agilidade de servidores e a um sistema de segurança com termostato, não houve prejuízos nas vacinas e medicamentos.

Ainda de acordo com a Prefeitura, não foram encontrados sinais de arrombamento ou furto nas salas onde ficam as geladeiras. Todas as fechaduras da Secretaria Municipal de Saúde e chaves foram substituídas. A Polícia Civil investiga os fatos.

Abaixo, a postagem da Prefeitura de Pejuçara:

AVISO DE UTILIDADE PÚBLICA

Secretaria de Saúde sofre ato de ação criminosa.

A Administração Municipal, empenhada em transmitir para a comunidade informações verdadeiras, que realmente estejam condizentes com os fatos, vem por meio desta, informar aos munícipes de Pejuçara que:

1 - Na manhã do dia 28 de março, entre 06h e 07h, a geladeira que armazena as vacinas contra COVID 19, e outras vacinas, apresentou uma troca na voltagem;

2 – Esta afirmação foi feita em laudo do técnico responsável pela manutenção da geladeira. No laudo consta a afirmação de que a voltagem da geladeira que deveria ser de 220V foi alterada para 110V;

3 – Porém, pela agilidade de servidores, e pela câmara possuir um sistema de segurança com termostato, instalado em paralelo ao controlador eletrônico, que em caso de falha assume automaticamente o controle das funções, NÃO HOUVE PREJUIZO NAS VACINAS.

4 – Também, entre os dias 22 e 24 de março, a geladeira da farmácia que acondiciona insulinas, teve a temperatura aumentada. Por, igualmente ter a voltagem de 220V alterada para 110V. Ao perceber o ocorrido, a mesma foi desligada e o material transferido para outra geladeira na mesma sala;

5 – Pela repetição da situação, e por não haver sinais de arrombamento ou furto, infelizmente, somos obrigados a acreditar em um ato de ação criminosa;

6 – Assim, tais ocorrências já foram devidamente registradas na Delegacia de Polícia Civil e passam por processo de investigação;

7 – As fechaduras e chaves da Secretaria Municipal de Saúde que não haviam sido trocadas, agora, foram todas substituídas;

8 – Aguardamos os resultados da investigação policial;

9 – Quando houver novas informações, postaremos nas mídias da Prefeitura Municipal, pois é de nosso interesse a informação clara e objetiva.



Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.


Ouça aqui

89.7 FM

Ouça aqui

91.5 FM

Programação Livre
89.7
91.5